SEJA BEM VINDO

SEJA BEM VINDO
Demais é D+

terça-feira, 21 de dezembro de 2010


A vida transbordante de Deus

Nossa vida precisa transbordar o rio de Deus para abençoarmos outras vidas. Deus quer nos ensinar a viver uma vida transbordante de alegria, de propósitos, das coisas do céu! “Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda” (Salmos 23: 5).
Viver se martirizando, sofrendo porque está sozinho não é a solução. Jesus Cristo se mostra como o bom Pastor. Ele é quem traz a nós o caminho que nos levará a viver. Não basta termos ar nos pulmões só para provarmos que estamos vivos. A vida verdadeiramente transbordada pela graça é estar em paz com Deus pelo sangue de Jesus, é estar em paz com sua própria consciência, é sorrir e cantar enquanto se caminha, é olhar para o céu e admirar a grandeza e a beleza do universo, é procurar facilitar a vida dos irmãos. É ter o coração livre para voar, sem medo de perder, sem inveja de roubar. Existe tanta vida em Jesus, que mesmo morto ele não pode ficar contido na sepultura, ele teve de ressuscitar. Toda esta vida transbordante está a sua disposição, basta você crer nele, permitir que ele implante em ti esta vida, e então a sua alegria será verdadeira e insubstituível. “Mas, quando vier aquele, o Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir” - “Assim também vós agora, na verdade, tendes tristeza; mas outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém vo-la tirará” (João 16: 13 e 22). O testemunho de uma vida transbordante de amor e paz, vindas do Senhor fala mais alto e tem mais valor do que uma dúzia de sermões bem elaborados. Deixe que o Espírito de Deus purifique sua vida e livre-se de tudo que possa impedir a atuação plena e constante do Senhor em favor de sua felicidade. “Não extingais o Espírito” (1.º Tessalonicenses 5: 19). Abra seu coração para o Salvador e experimente a plenitude de uma vida transbordante em Jesus Cristo!
Postado por www.grupodehomensmissionarios.com

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010




Vivos Ou Petrificados?



"Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina" (2 Timóteo 4:1, 2).

"A lei de qualquer igreja é, e sempre será, evangelizar ou petrificar." (George E. Sweazy) "Evangelismo não faz parte do programa de trabalho da igreja; é o programa de trabalho da igreja." (Brett Blair)
O que nós, igrejas vivas do Senhor, temos feito durante a nossa caminhada com Cristo. Qual tem sido o nosso propósito espiritual? Em que temos empenhado os talentos que recebemos de Deus? Muitas vezes passamos dias, meses e anos dizendo que somos discípulos de Jesus, mas, nunca falamos de Seu amor, nunca compartilhamos a bênção da salvação, nunca brilhamos como luz do mundo. Quando nos convidam para um retiro na fazenda, aceitamos com muito prazer. Quando nos convidam para um "passeio missionário", somos os primeiros a dizer "sim". Quando nos procuram para um festival de sorvete, uma noite do cachorro-quente, um jantar de namorados... exultamos de gozo e bradamos: "Sim, sim, sim!" E, quando somos convocados para um dia de evangelização nas ruas da cidade, ou na praçacentral, ou junto à Rodoviária local... estamos cansados, estamos ocupados, está muito calor, está chovendo, temos outros compromissos...!!!

Nossos corações estão petrificados; nossas vidas espirituais estão petrificadas; nossa lâmpada está sem óleo, apagada e petrificada; nossa igreja está petrificada e o Senhor está triste e não pode nos chamar de "servos bons e fiéis". Eu não quero virar pedra, não quero envergonhar o Senhor a quem amo, não quero fingir que sou filho de Deus. Eu estou vivo, quero vibrar de felicidade proclamando o nome do meu Senhor e Salvador, quero repartir tudo de maravilhoso que tenho recebido de Cristo. E você? Está vivo ou já petrificou?

Paulo Barbosa

domingo, 12 de dezembro de 2010

O importante é nunca deixar de sonhar




O importante é nunca deixar de sonhar

“Estas são as gerações de Jacó. Sendo José de dezessete anos, apascentava as ovelhas com seus irmãos; sendo ainda jovem, andava com os filhos de Bila, e com os filhos de Zilpa, mulheres de seu pai; e José trazia más notícias deles a seu pai” (Gênesis 37: 2).
As 12 tribos foram formadas em todo o território que compreende, hoje, o Estado de Israel, e ainda depois do rio Jordão, na região norte da Jordânia. Em ordem alfabética: Aser, Benjamim, Dã, Gade, Issacar, José, Judá, Levi, Naftali, Rúben, Simeão e Zebulão.
José era um jovem de dezessete anos, portador de sonhos lindos que profetizavam o seu futuro, sonhos que duraram treze anos para serem concretizados.
Nós também sonhamos, fazemos projetos e se organizamos para que estes sonhos se tornem realidade. O importante é não deixar de sonhar mesmo que nossos sonhos sejam retardados como foram os de José.
Na história de José vamos analisar o que aconteceu com os sonhos que foram embora (retardados), vejam que a demora dos sonhos lindos de José foram premeditadas por Deus, pois era necessário um tempo de preparação para que José se tornasse capacitado afim de que fosse cumprido com dignidade os propósitos de Deus.
Vejam como José foi preparado durante estes treze anos:
Iniciando como escravo permaneceu durante dez anos na casa de Faraó apresentando entradas e perdas ativas e passivas e José foi reto. “Assim José achou graça aos olhos dele, e o servia; de modo que o fez mordomo da sua casa, e entregou na sua mão tudo o que tinha” (Gênesis 39: 4).
Injustamente foi preso e encarcerado durante três anos, saindo como chefe do cárcere. “E o carcereiro não tinha cuidado de coisa alguma que estava na mão de José, porquanto o Senhor era com ele, fazendo prosperar tudo quanto ele empreendia” (Gênesis 39: 23).
Simplesmente José estava sendo preparado em todas as áreas, ele acreditava em seus sonhos e bem sabia que no tempo e na hora de Deus seus sonhos seriam realizados. Por isso não murmurou todo este tempo, José passou toda provação calado, sabendo que era necessário estar preparado para assumir tal cargo de tamanha importância. “Tu estarás sobre a minha casa, e por tua boca se governará todo o meu povo, somente no trono eu serei maior que tu” Gênesis 41: 40).
Agora eu sei por que alguns dependentes são enviados para um centro de recuperação para ficarem seis meses e acabam ficando dois anos ou a vida inteira cuidando de pessoas destruídas no corpo e no espírito. Na época estas pessoas não entendem, mas depois acabam compreendendo que Deus tinha propósito para elas, que eles fossem preparados e lapidados através das provações existentes numa casa de recuperação para que no futuro (dentro do tempo de Deus) tivessem condições plenas de cuidar de Sua obra.
Importante: É exatamente assim que acontece nestes centros de recuperação, Deus envia as pessoas certas na hora certa e na função certa de acordo com a necessidade
Do momento.
Foi lembrado de Moisés, o homem que falava com Deus, homem que estudou quarenta anos no Egito (engenharia), teve seu início parecido com José, seus sonhos de ajudar seus irmãos foram rompidos. Moisés precisou de mais quarenta anos no deserto como pastor de ovelhas e só depois que foi liberado para realizar seu sonho de tirar seus irmãos do cativeiro do Egito. Moisés ficou calado todo este tempo, nunca murmurou, ele sabia que no tempo certo o nosso Deus falaria com ele dando as instruções e autorização para que a vontade do Pai mais o desejo de Moisés fossem iniciados. “E disse o SENHOR: Tenho visto atentamente a aflição do meu povo, que está no Egito, e tenho ouvido o seu clamor por causa dos seus exatores, porque conheci as suas dores” <-> “Portanto desci para livrá-lo da mão dos egípcios, e para fazê-lo subir daquela terra, a uma terra boa e larga, a uma terra que mana leite e mel; ao lugar do cananeu, e do heteu, e do amorreu, e do perizeu, e do heveu, e do jebuseu” Êxodo 3: 7 - 8).
Irmão, seu sonho pode estar longe da realidade, mas não se esqueça que o nosso Deus esta sondando os desejos de seu coração. “Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração” (Salmos 37: 4).
Ele está caminhando em sua frente, ti preparando, ti lapidando para quando chegar à hora você estar preparado como José e Moisés. Neste tempo de espera faça como eles, não murmure, persevere, quando você menos esperar vem a voz de Deus Dizendo: “E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco” (Êxodo 14: 16).
Em Cristo
Mario A. Cabestre <-> Bacharel em Teologia
Diretor Responsável (voluntário) pela entidade abaixo:

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Mandamentos para internaltas cristãos


Mandamentos para internaltas cristãos

A maior ferramenta de comunicação interpessoal do planeta tem centenas de benefícios a oferecer e milhares de vírus para infectar seu computador. Você percebeu que até hoje ninguém inventou um vírus para ser vendido? Pois é, eles são gratuitos, aparecem sem a gente chamar e fazem um estrago sem conta. Para proteger seu computador enquanto navega, é preciso ter instalado um programa firewell e antivírus atualizados. Mas somente isso não é o suficiente. Por isso, sugiro dez mandamentos que o ajudarão a proteger o computador, economizar dinheiro, customizar tempo e, principalmente, manter sua mente pura.
Vou me valer da “didática” divina. Como fica mais fácil gravar uma ordem na forma negativa, abaixo vão as orientações:

1 – Não terás outras atividades em seu computador no tempo que é para a devoção pessoal.

2 – Não farás para ti downloads de anexos de e-mails desconhecidos. Não conversarás e muito menos marcarás encontro com quem não conhece.

3 – Não informarás teus dados para recadastramento de CPF, conta bancária ou título de eleitor, e fugirás de spams, pop-ups e links de ofertas imperdíveis.

4 – Lembra-te do teu Criador em todas as páginas que visitares. Não te esqueças de ser cristão nas 24 horas do dia.

5 – Honra tua família ao usardes palavras edificantes e sábias no teu MSN, Orkut e Twitter. Deixarás bem claro que és seguidor da Bíblia ao compartilhar textos e frases que iluminem vidas.

6 – Não matarás tempo precioso navegando sem rumo e jogando games na hora destinada ao sono, estudo e trabalho.

7 – Não adulterarás tua página pessoal com informações falsas sobre altura, cor dos olhos e peso, só para impressionar os internautas.

8 – Não furtarás softwares, músicas, filmes, ou arquivos.

9 – Não dirás falso testemunho contra qualquer ser humano, por pior que pareça ser. Não acreditarás nas campanhas para salvar meninas desaparecidas, pessoas com câncer terminal ou baleias em extinção. E não terás esperança de que a Microsoft dará dinheiro para quem repassar e-mails para 30 pessoas.

10 – Não cobiçarás as mulheres ou homens dos sites perniciosos; não desejarás o modo de vida dos famosos; e não participarás das correntes para enriquecer.

Sobretudo, buscarás a Deus em primeiro lugar para Ele controlar teus dedos e olhos em todos o tempo de navegação.
Um abraço internáutico.

por: Pr. Udolcy Zukowski.

Todo Casal Deveria Ler...



Todo Casal Deveria Ler...
Aos casados há muito tempo aos que não casaram, aos que vão casar, aos que acabaram de casar, aos que pensam em se separar... aos que acabaram de se separar, aos que pensam em voltar...
Por mais que o poder e o dinheiro tenham conquistado uma ótima posição no ranking das virtudes, o amor ainda lidera com folga. Tudo o que todos querem é amar. Encontrar alguém que faça bater forte o coração e justifique loucuras. Que nos faça entrar em transe, cair de quatro, babar na gravata. Que nos faça revirar os olhos, rir à toa, cantarolar dentro de um ônibus lotado. Tem algum médico aí??? Depois que acaba esta paixão retumbante, sobra o que? O amor.
Mas não o amor mistificado, que muitos julgam ter o poder de fazer levitar.
O que sobra é o amor que todos conhecemos, o sentimento que temos por mãe, pai, irmão, filho.
É tudo o mesmo amor, só que entre HOMENS E MULHERES existe sexo.
Não existem vários tipos de amor, assim como não existem três tipos de saudades, quatro de ódio, seis espécies de inveja. O amor é único, como qualquer sentimento, seja ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus. A diferença é que, como entre marido e mulher não há laços de sangue, a sedução tem que ser ininterrupta. Por não haver nenhuma garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza, e de cobrança em cobrança acabamos por sepultar uma relação que poderia ser eterna. Casaram. Te amo prá lá, te amo prá cá. Lindo, mas insustentável.
O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas.
Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes nem necessita de um amor tão intenso. É preciso que haja, antes de mais nada, respeito.
Agressões zero. Disposição para ouvir argumentos alheios. Alguma paciência... Amor, só, não basta.
Não pode haver competição. Nem comparações.
Tem que ter jogo de cintura para acatar regras que não foram previamente combinadas.
Tem que haver bom humor para enfrentar imprevistos, acessos de carência, infantilidades.
Tem que saber levar. Amar, só, é pouco. Tem que haver inteligência.
Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais, rejeições, demissões inesperadas, contas pra pagar. Tem que ter disciplina para educar filhos, dar exemplo, não gritar. Tem que ter um bom psiquiatra. Não adianta, apenas, amar. Entre casais que se unem visando à longevidade do matrimônio tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância, vida própria, um tempo pra cada um. Tem que haver confiança.
Uma certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou. É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão. E que amar, 'solamente', não basta.
Entre homens e mulheres que acham que o amor é só poesia, falta discernimento, pé no chão, racionalidade. Tem que saber que o amor pode ser bom, pode durar para sempre, mas que sozinho não dá conta do recado. O amor é grande mas não é dois.
É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência. O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.
Um bom amor aos que já têm!
Um bom encontro aos que procuram!
E felicidades a todos nós!


Postado por Menina dos olhos de Deus

terça-feira, 7 de dezembro de 2010



PERMITA-ME?


Pedro Paulo Pereira Pinto, pequeno pintor português, pintava portas, paredes, portais.... Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos... Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir.
Posteriormente, partiu para Pirapora... Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos para poder pagar promessas.
Pálido, porém personalizado, preferiu partir para Portugal para pedir permissão para papai para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris.
Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los. Pareciam plácidos, porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se principalmente pelo Pico, porque pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações, pois, pelo passo percorriam, permanentemente, possantes potrancas.
Pisando Paris, pediu permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo Pedro Paulo precaver-se.
Profundas privações passou Pedro Paulo. Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal. Povo previdente! Pensava Pedro Paulo... Preciso partir para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios, pintando principais portos portugueses. - Paris! Paris! Proferiu Pedro Paulo.
Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir. Pisando Portugal, Pedro Paulo procurou pelos pais, porém, papai Procópio partira para Província. Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para papai Procópio para prosseguir praticando pinturas.
Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo portão principal. Porém, papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu: Pediste permissão para praticar pintura, porém, praticando, pintas pior. Primo Pinduca pintou perfeitamente prima Petúnia. Porque pintas porcarias? Papai - proferiu Pedro Paulo - pinto porque permitiste, porém, preferindo, poderei procurar profissão própria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer por Portugal.
Pegando Pedro Paulo pelo pulso, penetrou pelo patamar, procurando pelos pertences, partiu prontamente, pois pretendia pôr Pedro Paulo para praticar profissão perfeita: pedreiro! Passando pela ponte precisaram pescar para poderem prosseguir peregrinando.
Primeiro, pegaram peixes pequenos, porém, passando pouco prazo, pegaram pacus, piaparas, pirarucus. Partindo pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar pertinho, para procurar primo Péricles primeiro. Pisando por pedras pontudas, papai Procópio procurou Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito.
Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Péricles profissionalizar Pedro Paulo. Primeiramente Pedro Paulo pegava pedras, porém, Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos. Particularmente Pedro Paulo preferia pintar prédios. Pereceu pintando prédios para Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas. Pobre Pedro Paulo pereceu pintando...
Permita-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar.... Para parar preciso pensar.
Pensei. Portanto, pronto pararei.

E você ainda se acha o máximo quando consegue dizer:

"O Rato Roeu a Rica Roupa do Rei de Roma"


DÊ A DEVIDA ATENÇÃO À VOZ DE DEUS


“A voz do SENHOR é poderosa; a voz do SENHOR é cheia de majestade” (Salmo 29.4).

É bom ouvir a voz de Deus, mas muito melhor é atendê-la. Foi por meio dela que o Altíssimo ordenou que tudo fosse criado (Hebreus 11.3), e, ainda hoje, também é pronunciada para fazer o que o Senhor deseja. Quando o Todo-Poderoso fala, a palavra final deve ser a dEle, pois a orientação divina contém aquilo de que precisamos para vencer as lutas e conquistar nossas bênçãos.
Não há – nem haverá – voz alguma que chegue perto da do Senhor. Ela é soberana em tudo. É meiga, educada e gostosa de ser ouvida. Escutar a Palavra do Senhor nos faz um bem muito grande, mas, uma vez que A ouvimos e não A guardamos, temos um grande prejuízo, pois Ela nos é dada para cumprirmos o desejo divino e tem em si a autoridade necessária para fazer o que foi dito.
Na criação, o Senhor ordenava e tudo era feito. Passo a passo, tudo foi criado pela Palavra de Deus (Gênesis 1). Hoje, Ela também é usada para fazer de nós homens fiéis e produtivos. Por isso, um erro é deixar de crer no que, dia a dia, a voz do Altíssimo nos orienta. Seja lendo a Bíblia ou escutando a pregação do Evangelho, o que entendemos é o bom Pastor falando ao nosso coração.
Não é certo orarmos para termos certeza de que o que nos foi falado é ou não a vontade de Deus. A voz do Senhor é a vontade dEle (João 17.17).
A Palavra é a resposta do Senhor para a nossa vida, e ouvi-lA é provar o grande amor do Pai. Então, o segredo para recebermos qualquer bênção é crer no que nos é dito. Por outro lado, deixar de atender ao que o Todo-Poderoso nos fala fará com que percamos o que nos foi prometido.
A voz do Senhor é poderosa e tem a autoridade para realizar o que foi prometido. Sendo assim, nenhuma força do inferno poderá impedir o agir de Deus. Após ouvi-lO, basta cumprir as condições da Sua Palavra, a fim de que a operação divina se cumpra.
Os ignorantes falam o que querem, e maus governos podem até proibir que se invoque o Nome de Deus, mas não há decreto ou ameaça que impeça a ação do Todo-Poderoso. Por ser majestoso e soberano, nada irá impedi-lO de cumprir Seu querer missão (Isaías 43.13).
Falando Deus, quem não obedecerá? Os loucos podem deixar de atender ao que lhes é ordenado, mas que fiquem avisados: não ficarão impunes! Chegará o dia em que darão conta de tudo o que lhes foi falado. Já os seres do mundo espiritual – tanto anjos quanto demônios – sabem que não é bom desobedecer ao Onipotente, pois têm conhecimento do que acontecerá com quem não Lhe dá ouvidos.

Deus é Nosso Amigo
“Quando passares pelas águas, estarei contigo, e, quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti” (Isaías 43.2).

Se nada mais tivesse sido escrito no Livro Sagrado, esse versículo, o qual declara que o Senhor é conosco, já seria o bastante. Afinal, tendo o Senhor conosco, vencemos qualquer batalha.
Aqueles que nascem na família de Deus não precisam temer nenhum ataque de Satanás. Ao sentirem que o inimigo está investindo contra a sua vida, só precisam lembrar-se de que o Senhor é com eles, repreender – destemidamente e com toda a força – as tentativas do inferno e vencê-las em Nome do Senhor.
É impossível que alguém que tenha o Todo-Poderoso a seu lado perca alguma batalha. No período babilônico, por exemplo, três jovens hebreus – Sadraque, Mesaque e Abede-Nego – experimentaram da fidelidade divina (Daniel 3), assim como o profeta Daniel, que também provou a veracidade dessa promessa na cova dos leões (Daniel 6). Agora é a nossa vez de mostrarmos que confiamos na Santa Palavra.
Ao se lembrar de que Deus luta pelas suas causas, as adversidades passam a ser bem menores do que têm sido, pois você não estará guerreando sozinho. Mas, se fizer pouco caso do que o Altíssimo promete, estará lutando a sós – e aí o problema se agrava, porque, sem o Todo-Poderoso ao seu lado, será impossível ser vitorioso, uma vez que até o demônio mais fraco consegue derrotar quem não busca a presença divina.
Lembre-se de que foi o Altíssimo quem declarou que estaria conosco e de que todas as Suas promessas são cumpridas. Com fé na Palavra do Senhor, aqueles três jovens hebreus marcharam para a fogueira preparada por Nabucodonosor, e, de modo igual, Daniel foi de cabeça erguida para a cova dos leões. Eles não tinham medo, pois criam que Deus iria dar-lhes a vitória.
Se chegou a sua vez de provar se crê ou não no Senhor, não O decepcione. Marche firme, com a certeza de que, com Ele, vencerá toda e qualquer tentação. Quem confia na Palavra de Deus assume seu lugar em Cristo e, sem o menor temor, parte para a luta já sabendo que voltará com a vitória, não é mesmo? Portanto, durante as provações, lembre-se de que o Pai é com você.


O REI QUE ACERTOU


E a todos os sacerdotes trouxe das cidades de Judá, e profanou os altos em que os sacerdotes incensavam, desde Geba até Berseba, e derribou os altos das portas, que estavam à entrada da porta de Josué, o chefe da cidade, e que estavam à mão esquerda daquele que entrava pela porta da cidade (2 Reis 23.8).
Aos oito anos, Josias foi coroado rei de Judá. Ele agiu como um Homem temente a Deus e criou um reavivamento sem precedente em sua nação, tornando-se, assim, o exemplo de pessoa que o Senhor procura para ser Seu adorador. A oportunidade de fazermos algo para o Altíssimo é agora. Quem se compromete com o mundo não pode ser usado por Ele (Deus).
Apesar de Ezequias, avô do rei Josias, ter sido um grande homem de Deus, seu filho, Manassés, ao contrário, foi um grande servo do diabo, pois instituiu, promoveu e apoiou a idolatria em Canaã. Amom, o pai de Josias, reinou somente dois anos em Judá. Por fazer o que era mau aos olhos do Senhor, morreu muito jovem – com apenas 24 anos. O povo, então, coroou Josias como rei, apesar de este ter apenas oito anos. Logo, ele mostrou que tinha maturidade suficiente para ser o soberano de Judá, pois empreendeu uma verdadeira revolução de costumes, levando seu povo a se aliançar com o Altíssimo.
A leitura do livro da Lei impactou Josias, por isso, decidiu levar o povo de Israel a buscar o Senhor. Além disso, mandou desfazer o que os seus antecessores haviam feito de errado: os altares e demais imagens que incentivaram o culto a baal. Não tardou para que um despertamento espiritual ocorresse em seu território. Ele, então, provou que uma pessoa segundo a direção de Deus pode mudar toda uma nação.
Esse é o tipo de pessoa que agrada a Deus. Josias se pôs a buscar o Senhor, tomou decisões corretas aos olhos do Senhor e, em pouco tempo, o culto aos demônios era apenas uma vaga lembrança no meio dos israelitas. Hoje, Deus procura adoradores que O adorem em espírito e em verdade (João 4.23,24) - aqueles cujos corações estejam em Suas mãos e cumpram Sua Palavra.
O segredo é entender que a oportunidade de realizar algo para o Senhor é agora. O rei Josias não esperou que o povo compreendesse que a idolatria era errada, mas deu o exemplo, mandando destruir os utensílios que serviam de laço para o envolvimento maligno.
Ninguém deve esperar ouvir uma voz dos Céus ordenando fazer o que é correto. Quando o Senhor -lhe falar através da Bíblia deve ser logo aceito e praticado. É assim que se agrada a Deus. Por outro lado, fazer pouco caso das advertências divinas, não se submeter ao Senhor e deixar-se levar pelas tentações roubam-nos a oportunidade de conhecer Aquele que é o Criador de todas as coisas, o Deus bom, puro, o qual pode sempre resolver os nossos problemas.

Deixe sua Marca



Deixe sua Marca

“Se eu não sou apóstolo para os outros, ao menos o sou para vós; porque vós sois o selo do meu apostolado no Senhor” (1 Coríntios 9.2).

Quem é de Deus deve deixar a marca do seu ministério aonde quer que vá, porque, mesmo que, para os outros, ele não tenha valor, aqueles que ajudar serão a prova de que o Pai o usou. Sendo assim, todos os que amparamos na fé são a evidência de que, por nosso intermédio, o Senhor falou ou fez algo em favor deles. Porém, os que não fazem nada para o Altíssimo irão surpreender-se no dia do Juízo, pois, como a parábola dos Dez Talentos narra, devolver intacto o que o Todo-Poderoso lhe concedeu não priva alguém de ser enviado para as trevas exteriores, onde haverá tormento eterno (Mateus 25.14-30).
Deus, ao batizar-nos com o Espírito Santo, equipa-nos com Seu poder para que realizemos Sua obra. Por isso, não podemos ser tímidos nem descrentes. Afinal, se formos ousados em crer no que o Pai afirma a nosso respeito, cumpriremos a missão que Ele nos concedeu. Já quando não damos crédito à autoridade que nos foi outorgada, fazemos um grande mal àqueles que precisam ser abençoados com o revestimento de poder que foi colocado em nós, além de deixamos de receber as bênçãos, pois é doando aos outros que somos recompensados (Lucas 6.38).
É fácil nos convencer de que o Todo-Poderoso está usando a nossa vida, mas onde está a prova? Quantas pessoas podem dizer que, de fato, nós as ajudamos? O Senhor quer que tenhamos instrumentalidade para alcançar, curar e libertar os sofredores, por isso, concedeu-nos o poder que estava sobre Jesus para fazermos as mesmas obras do Mestre.
A parábola em questão narra a história de um cidadão que recebeu um talento e a ordem de seu senhor de negociar aquilo que obtivera, mas, por preguiça ou por outra inspiração satânica, não fez o que lhe fora mandado. No acerto de contas, ele até provou que era honesto e devolveu intacto o talento, mas foi condenado, pois, apesar de sua honestidade, não demonstrou obediência em cumprir o que lhe fora ordenado. Consequentemente, foi enviado para as trevas exteriores, onde haverá para sempre ranger de dentes e todo tipo de sofrimento.
Quem vive de braços cruzados, não abre a boca para falar do amor divino, não dispensa tempo para o Senhor, não leva um perdido à igreja nem faz o que Jesus ordena deve preparar-se, pois a Bíblia declara que quem soube da vontade do seu patrão e não a realizou recebeu a pior sentença.
Muitos podem não ver valor algum em você, mas aqueles que receberem sua ajuda provarão que o Senhor não errou quando o chamou para ser dEle. Sua marca deve ser deixada por onde quer que você passe.


E, apresentando-os aos magistrados, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbaram a nossa cidade (Atos 16.20).

Quem é de Deus deve preparar-se, pois, possivelmente, será discriminado. Nós, cristãos, perturbamos a “tranquilidade” do diabo, e isso revolta seus súditos. Satanás sempre usou todos os meios para destruir o povo do Senhor. Por isso, temos de estar prontos e não podemos permitir que nada nem ninguém nos separem do amor de Deus (Romanos 8.38,39).

A Palavra declara que o mundo jaz no maligno (1 João 5.19), portanto, vivemos em meio à ação do inimigo. Entretanto, não somos do mundo (João 15.19), e, por isso, ele não nos pode influenciar, tampouco nos dirigir. Então, ao sofrermos discriminação, devemos lembrar-nos de que é o adversário que, ressentindo-se da nossa posição em Cristo, faz com que os infiéis – os quais devemos atingir com a verdade e amor de Deus – levantem-se contra nós.

Até o nosso sucesso incomoda os que ainda não se entregaram ao Altíssimo. Por isso, ser discriminado é algo pelo qual os cristãos devem esperar, afinal, o maligno sempre procurou acabar com o povo do Senhor. Abraão, por exemplo, teve de usar sabedoria para que Faraó não o matasse quando o governante egípcio, interessado em Sara – a qual ele acreditava ser irmã do patriarca –, descobriu que, na verdade, ela era esposa de Abraão (Gênesis 12). Em outra circunstância, esse servo do Altíssimo também teve de ser paciente, quando precisou esperar pelo cumprimento da Palavra, que ocorreu com o nascimento do filho da promessa (Gênesis 16,17). Depois, tribos se levantavam contra seus descendentes, como fez Amaleque, que veio por trás do povo de Deus e lhe feriu a retaguarda. Mas, como era de se esperar, esse rei teve a merecida recompensa (Deuteronômio 25.17-19).

Discriminados
O inimigo tem ódio mortal dos servos do Senhor; por isso, sempre se esforçou para riscar do mapa a descendência santa. Mas ele jamais conseguiu nem conseguirá, porque os filhos de Deus são guardados por Ele e nenhum mal lhes sobrevém (Salmo 91.9,10). No entanto, perseguições e tentativas de aniquilamento ocorrerão em todo o tempo, para tentar separar-nos do amor de Deus. Diante dessa situação, não se aflija, mas siga os mandamentos divinos, pois a obediência leva o testemunho da verdade aos corações mais endurecidos pelas trevas.

A nossa fé e a santidade que nos envolvem e nos dirigem incomodam as manhas do inimigo, o qual, na tentativa de nos parar, faz com que seus súditos se revoltem contra nós. Se alguém ferir você, ofereça a outra face (Mateus 5.38-42), pois quem sofrer por amor a Cristo receberá uma grande recompensa (Tiago 5.10,11).
Então, se você vier a sofrer qualquer dano por amor ao Senhor, alegre-se, porque seu galardão será grande. Lembre-se: Jesus disse que, no mundo, teríamos aflições (João 16.33).


Olá a todos que passam por aqui...Hoje venho postar como um desabafo, já faz dias que entro aqui e não sei nem o que postar...porque tantas são as frustrações, desapontamentos e decepções com as pessoas. Eu não consigo entender quão grande é a cegueira espiritual delas, como são egoístas e egocêntricas...Jesus morreu na cruz, como sacrifício vivo, para nos dar a graça da salvação, o sangue de Jesus foi derramado para nos livrar da morte eterna, para que pudéssemos ter livre acesso á Deus. Como um ser humano, não tem essa consciência de que devemos ser gratos á Deus, nosso pai, por tudo que Ele nos concede, e não reconhecer que ele nos amou tanto que deu seu próprio filho para nos salvar! Porque as pessoas não dão crédito á voz do Senhor, não o obedecem, sendo que Ele sabe e nos instrui a andar pelo caminho certo?Como não amar esse Deus, e deixar tudo que não edifica pra trás? Como não se render a tanto amor que Ele nos oferece? Isso é porque deixamos a "carne" falar mais alto do que a voz de Deus...é porque somos tolos o bastante pra querer quebrar a cara primeiro pra depois decidir fazer o certo. Não consigo entender tanta teimosia.
Quero lhes dizer que, esse nosso Deus é maravilhoso, quer o nosso melhor, quer que sejamos livres, salvos, felizes, amados, respeitados e preenchidos por completo, e só ele pode fazer isso.
Agarre esse Deus enquanto é tempo...aproveite que você tem liberdade para adorá-lo e louvá-lo...Existem muitos países em que nem se pode falar de Jesus ,não é permitido, porque não conhecem a Jesus.Toca Senhor, todos os dias, no nosso coração, que o teu espírito Santo nos convença dos nossos erros...e que paremos de achar que tudo é normal, permitido...sei que existem muitos atos em nós que não o agrada!Toca-nos Senhor, em nome de Jesus!
A palavra de Deus diz em (1Coríntios 6.12):"Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm." Venho lhes dizer que tomem cuidado com os detalhes, ás vezes achamos que certas atitudes e comportamentos não têem nada demais, só que, lembre-se: você tem um adversário, e ele presta atenção em tudo que você faz, e seu dedo está preparado para lhe apontar a todo instante, ele não descansa, quer te envergonhar, e fica esperando uma brechinha para destruir sua vida...vigiai , orai e buscai ao Senhor, ele voltará, e só o veremos se estivermos santos, puros e preparados.Todos seremos julgados, por obras e atitudes.
Que o Senhor Jesus toque, no meu e no seu coração , nas nossas mentes hoje! Paz de Cristo á todos!

domingo, 5 de dezembro de 2010



SEIS LIÇÕES NO CAMINHO DE EMAÚS

É maravilhoso poder conhecer as Escrituras Sagradas, pois são elas que nos trazem o conhecimento da verdade que nos liberta do mal e nos faz mais que vencedores. A Palavra de Deus tem um poder sobrenatural, capaz de mudar a vida de qualquer pessoa, seja ela quem for: um bandido, um médico, uma prostituta, um rei, um mendigo etc. Ao ouvir a Palavra de DEUS, o homem nunca mais será o mesmo. Já estive presente em cultos - ditos evangélicos - e saí da reunião sem ouvir nenhuma Palavra de Deus. O resultado foi uma grande decepção! Outras vezes nem estava dentro de um Templo e pude ouvir e entender a palavra de Deus. Quando uma pessoa assume o microfone e o púlpito de Igreja para ministrar a Palavra de Deus, ela está sob uma grande responsabilidade, que é trazer a todos os ouvintes a Palavra que o Espírito Santo tem para a Igreja naquele dia. Mas, infelizmente, as pessoas estão perdendo o temor a DEUS e qualquer um sobe no púlpito e fala o que acha que deve falar e não o que realmente o Espírito quer falar à Igreja. O resultado disso é frieza espiritual e, consequentemente, perda da fé. É triste o dia em que vamos à Igreja e saímos sem ouvir a voz de Deus. É triste quando vai passando o tempo e só ouvimos homens e mulheres, cheios de orgulho próprio, pregar aos nossos ouvidos e não à nossa alma, palavras que são carnais e vazias. Palavras que não quebrantam nosso coração. Mas, quando Jesus fala, tudo é tão diferente! A Bíblia, em Lucas 24.13 -35, traz seis grandes lições do dia em que dois discípulos encontraram Jesus no caminho de Emaús. A Bíblia diz que eles caminhavam juntos, conversando sobre Jesus e faziam perguntas um ao outro.

1. A primeira lição é: Se quer ouvir Jesus, tem que estar meditando, conversando e interessados em saber mais sobre Ele (foi por isso que Jesus se juntou a esses discípulos no caminho de Emaús).
2. A segunda lição é: Jesus nos faz entender sua Palavra. Lc 24:25: “Ó néscios e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!” Ao dizer isso, Jesus começou a lhes explicar o que toda a Escritura, desde de Moisés e por todos os profetas, falava sobre Ele.
3. A terceira lição é: A presença de Jesus é agradável. Lc 24.29: “Fica conosco , porque já é tarde, e já declinou o dia”. Os discípulos, mesmos sem ainda perceberem que aquele homem que conversava com eles era o Mestre Jesus, desejavam sua companhia.
4. A quarta lição é: Jesus aceita o convite para entrar em nosso lar e participar de nossa vida. Lc 24.29-30: “E entrou para ficar com eles. E aconteceu que estando com eles à mesa, tomando o pão, o abençoou e partiu-o e lho deu”.
5. A quinta lição é: Jesus se revela. Lc 24.31: “Abriram-se então os olhos e o conheceram”.
6. A sexta lição é: Quando Jesus fala faz arder o coração Lc 24.32: “E disseram um para o outro: Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava e quando nos abria as escrituras?” Graças a Deus por sua Palavra que nos faz conhecer o Senhor e Salvador de nossas almas: o querido Mestre Jesus que esteve com os dois discípulos no caminho de Emaús e nos deixou esta promessa: Mt 18.20: “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome ,aí estou eu no meio deles”.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

LIÇÕES DE VIDA QUE NÃO PODEM SER ESQUECIDAS


LIÇÕES DE VIDA QUE NÃO PODEM SER ESQUECIDAS

Lição Número 1: A humanidade só caminha rumo a evolução se todos caminham junto com a humanidade....
Lição Número 2: Se você não está fazendo sua parte então outros podem não estar fazendo tbm... isso não leva a nada... faça sua parte e talvez os outros façam a deles tbm....
Lição Número 3: Persiga seus sonhos com toda a garra, mas não se deixe mergulhar em um mundo dos sonhos e perder a noção da realidade!
Lição Número 4: Nunca seja radical... Se você é radical de um lado, outros serão do outro lado!
Lição Número 5: Ao amar uma pessoa, ame em primeiro lugar seus ideais, assim você não deixará de ama-la quando ela perder toda a beleza!
Lição Número 6: Ame os outros acima de tudo, mas saiba dozar o amor proprio!
Lição Número 7: Não evite as barreiras mais altas, pois a cada uma que vc vencer será como ter passado por várias pequenas!
Lição Número 8: Após o sofrimento sempre vem o aprendizado!Lição Número 9: Economize hoje para o amanhã, mas a abundancia também faz parte do ser humano.
Lição Número 9: Sempre se sinta o melhor, mas nunca demonstre nem mostre a ninguem!Lição Número 10: Se realmente quiseres o universo conspirará a seu favor!
Lição Número 11: Ao começar a trilhar um caminho, percorra-o até o fim, pois se vc desistir terá q percorrer a mesma distancia em outro caminho!
Lição Número 12: Todo fim marca um novo começo, a vida é um ciclo!Lição Número 13: Não é rebaixando os outros q vc vai se elevar!
Lição Número 14: Cuidado com suas pregações para q não caia em desavença com seus gostos.
Lição Número 15: Se vc pensa q este problema é grande demais vc acaba de tornálo maior do q imagina! **Seja Otimista!**

Não sei o autor deste texto mas como na net ninguém é dono de nada, ficarei esperando que alguém me diga quem é o autor, pq fica muito chato pôr um texto sem dar os devidos créditos...

quinta-feira, 18 de novembro de 2010


10 MOTIVOS PARA NÃO CELEBRAR O NATAL

1- Porque a Bíblia não manda celebrar o nascimento.

2- Porque Jesus não nasceu em 25 de dezembro. Esta data foi designada por Roma numa aliança pagã no século IV. A primeira intenção era cristianizar o paganismo e paganizar o cristianismo, de acordo com o calendário Judaico Jesus nasceu em setembro ou outubro.

3- A igreja do Senhor está vivendo a época profética da festa dos tabernáculos, que significa a preparação do caminho do Senhor, e, se você prepara o caminho para Ele nascer, não prepara para Ele voltar.

4- O natal é uma festa que centraliza a visão do palpável e esquece do que é espiritual. Pra Jesus o mais importante é o Reino de Deus que não é comida nem bebida, mas justiça e paz no espírito.

5- Porque o natal se tornou um culto comercial que visa render muito dinheiro. Tirar dos pobres e engordar os ricos. É uma festa de ilusão onde muitos se desesperam porque não podem comprar um presentinho para os filhos.

6- Porque esta festividade está baseada em culto à falsos deuses nascidos na Babilônia. Então, se recebemos o natal pela igreja católica romana, e esta por sua vez recebeu do paganismo, de onde receberam os pagãos? Qual a origem verdadeira?
O natal é a principal tradição do sistema corrupto, denunciado inteiramente nas profecias e instruções bíblicas sobre o nome de Babilônia. Seu início e origem surgiu na antiga Babilônia de Ninrode. Na verdade suas raízes datam de épocas imediatamente posteriores ao dilúvio.
Ninrode, neto de Cão, filho de Noé, foi o verdadeiro fundador do sistema babilônico que até hoje domina o mundo - Sistema de Competição Organizado - de impérios e governos pelo homem, baseado no sistema econômico de competição e de lucro. Ninrode construiu a Torre de Babel, a Babilônia primitiva, a antiga Nínive e muitas outras cidades. Ele organizou o primeiro reino deste mundo. O nome Ninrode, em hebraico, deriva de “Marad” que significa “ele se rebelou, rebelde”.Sabe-se bastante de muitos documentos antigos que falam deste indivíduo que se afastou de Deus. O homem que começou a grande apostasia profana e bem organizada, que tem dominado o mundo até hoje. Ninrode era tão perverso que se diz que casou-se com sua mãe, cujo nome era Semíramis. Depois de sua morte prematura, sua mãe-esposa propagou a doutrina maligna da sobrevivência de Ninrode como um ente espiritual. Ela alegava que um grande pinheiro havia crescido da noite para o dia, de um pedaço de árvore morta, que simbolizava o desabrochar da morte de Ninrode para uma nova vida. Todo ano, no dia de seu aniversário de nascimento ela alegava que Ninrode visitava a árvore “sempre viva” e deixava presentes nela. O dia de aniversário de Ninrode era 25 de dezembro, e esta é a verdadeira origem da “árvore de natal”. Por meio de suas artimanhas e de sua astúcia, Semíramis converteu-se na “Rainha do Céu” dos babilônicos, e Ninrode sob vários nomes, converteu-se no “Divino Filho do Céu”. Por gerações neste culto idólatra. Ninrode passou a ser o falso Messias, filho de Baal: o deus-sol. Nesse falso sistema babilônico, “a mãe e a criança” ou a “Virgem e o menino” (isto é, Semíramis e Ninrode redivivo) transformaram-se em objetos principais de adoração. Esta veneração da “virgem e o menino” espalhou-se pelo mundo afora; o presépio é uma continuação do mesmo em nossos dias, mudando de nome em cada país e língua. No Egito chamava-se Isis e Osiris, na Ásia Cibele e Deois, na Roma pagã Fortuna e Júpiter, até mesmo na Grécia, China, Japão e Tibete, encontra-se o equivalente da Madona (minha dona ou minha senhora), muito antes do nascimento de Jesus Cristo.

7- Esta festa não glorifica a Jesus pois quem a inventou foi a igreja católica romana, que celebra o natal diante dos ídolos (estátuas). Jesus é contra a idolatria e não recebe adoração dividida.

8- Porque os adereços (enfeites) de natal são verdadeiros altares de deuses da mitologia antiga que (que são demônios): Árvore de Natal – é um ponto de contato que os demônios gostam. No ocultismo oriental os espíritos são invocados por meio de uma árvore. De acordo com a enciclopédia Barsa, a árvore de natal é de origem germânica, datando o tempo de São Bonifácio, foi adotada para substituir o sacrifício do carvalho de ODIM, adorando-se uma árvore em homenagem ao Deus menino. Leia a bíblia e confira em Jeremias 10:3,4; I Reis 14:22,23; Deuteronômio 12:2,3; II Reis 17:9,10; Isaías 57:4,5; Deuteronômio 16:21 e Oséias 4:13.
As velas acendidas – faz renascer o ritual dos cultos ao deus sol.
As guirlandas – são símbolos da celebração memorial aos deuses, significam um adorno de chamamento e legalidade da entrada de deuses. A Bíblia nunca anunciou que Jesus pede guirlandas, ou que tenha recebido guirlandas no seu nascimento, porque em Israel já era sabido que fazia parte de um ritual pagão. O presépio – seus adereços estão relacionados diretamente com os rituais ao deus-sol. É um altar de incentivo à idolatria, que é uma visão pagã.
A Palavra de Deus nos manda fugir da idolatria (I Coríntios 10:14,15; Gálatas 5:19,21). Papai Noel – é um ídolo, um santo católico chamado Nicolau, venerado pelos gregos e latinos em dezembro, sendo que sua figura é a de um gnomo buxexudo e de barba branca. O gnomo de acordo com o dicionário Aurélio é um demônio da floresta.
Troca de presentes – na mitologia significa eternizar o pacto com os “deuses”.
Ceia de Natal – um convite à glutonaria nas festas pagãs ao deus-sol o banquete era servido a meia –noite.

9- O natal de Jesus não tem mais nenhum sentido profético pois na verdade todas as profecias que apontavam para sua primeira vinda à terra já se cumpriram. Agora nossa atenção de se voltar para sua Segunda vinda.

10- A festa de natal traz em seu bojo um clima de angústia e tristeza, o que muitos dizem ser saudades de Jesus, mas na verdade é um espírito de opressão que está camuflado, escondido atrás da tradição romana que se infiltrou na igreja evangélica, e que precisamos expulsar em nome de Jesus.


PROCEDIMENTO PRÁTICO

Temos um Deus que transforma maldição em bênção. Agora não somos mais ignorantes quanto a festividade iniciada na Babilônia. Qual deve ser então nosso procedimento prático?

1 - Lançar fora toda dependência sentimental da data do “sol invictus” ( 25 de dezembro ).

2 - Instruirmos nossos filhos e discípulos: “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. João 8:32 – Nos livrarmos de todo enfeite com motivos natalinos pois sabemos suas origens.

3 - Não ficarmos sujeitos financeiramente à comidas importadas típicas. É um dia como outro qualquer.

4 - Resistirmos ao espírito satânico de gastos no natal, principalmente se houverem dívidas. Vigiar as “ofertas do papai noel”. Só devemos comprar o necessário. Mamon, demônio das riquezas, criou dependência na mente humana onde as pessoas têm de estar nas festividades de fim de ano com casa nova, roupa nova, etc.

5 - Devemos aproveitar a data (Andai em sabedoria para com os que estão de fora, usando bem cada oportunidade. Colossenses 4:5) para estar com parentes e amigos em suas casas, falando da necessidade do nascimento de Jesus em seus corações, pois este é o verdadeiro presente que o “aniversariante” quer receber. É um propício momento evangelístico, quando encontramos pessoas com o coração aberto para ouvir de Jesus.

6 - Entender que a maioria dos crentes não visualiza a situação do natal, preferindo viver segundo seus sentimentos e tradições.

7 - Não confundir Passagem do Ano com Natal. Não é errado desejar feliz Ano Novo para alguém, mas sim, Feliz Natal. Podemos usar algumas expressões: Que Jesus nasça no seu coração (ou na sua vida)!

“ E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação de vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa , agradável, e perfeita vontade de DEUS. ” (Romanos 12: 2)

terça-feira, 16 de novembro de 2010


Eu faço tudo certo, sou um servo de Deus, oro, jejuo, leio a Bíblia, adoro, evangelizo, porque isso foi acontecer logo comigo? Pois é tem vezes que sentimos o nosso coração ferido, ficamos tristes e parece que não tem solução. É como se nossos amigos, nossos pais e até mesmo se Deus tivessem nos abandonado, e não conseguimos entender porque isso está acontecendo em nossa vida, já que existem tantas pessoas que não fazem nada em prol do reino de Deus e parecem que estão mais felizes que nós. Mas não meu amigo (a), não podemos deixar isso nos abater e tomar conta da nossa mente fazendo com que o nosso sorriso vá embora. Porque até quem serve a Cristo passa por problemas, isso mesmo, não pense que porque você aceitou a Jesus tudo vai ser mil maravilhas. Mas existe uma diferença, por mais que venhamos passar por tribulações como qualquer outra pessoa. Sabemos que temos em nossa vida Aquele que pode realizar o IMPOSSÍVEL, e que tudo acontece é permissão Dele. Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16:33 Se você está se sentindo triste, não sabe o que fazer, apenas chora e lamenta, vou dar pra você alguns passos para resolver os seus problemas.

Em primeiro lugar, ORE
Abra o seu coração para Deus, faça dele o seu melhor amigo, conte tudo o que está sentindo, tudo o que está te afligindo. Não existe ninguém melhor para você contar os seus problemas, pois Ele escuta a nossa oração. Se proste diante Dele, chore você não precisa ser forte o tempo todo, o que você precisa é ter fé. Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus, e faz a sua vontade, a esse ouve. (João 9:31)

Busque formas de estar mais a ligado a Deus, lendo a Bíblia e louvando
A Bíblia é o manual do Cristão, ela tem respostas para todas as suas dúvidas, então se você está se sentindo confuso, não sabe o que fazer, busque respostas na bíblia isso é o melhor que você tem a fazer. E através do louvor, você esta adorando ao Senhor, quando fazemos isso nos sentimos felizes e mais perto Dele. Ficar assistindo tv, navegar na internet em sites que não edificam ou pedindo "conselhos" para pessoas que estão pior que você , não irão te ajudar em nada, é apenas perda de tempo.

Aceite a resposta de Deus
Esse problema que está acontecendo com você é permissão de Deus, e com certeza Ele tem uma solução pra isso e um propósito para tal situação. Mas nem sempre o que Ele preparou é o que você quer. Mas depois entendemos e vemos que a escolha Dele é o melhor para as nossas vidas.

O choro pode durar uma noite, mas a alegria virá ao amanhecer.
As suas lágrimas podem ter sido muitas, mas a sua alegria será maior ainda. Quando o tempo da bonância chegar na sua vida, milagres acontecerão, vidas serão alcançadas e todos notarão a sua felicidade.

Não desista, siga em frente
Nunca disista de lutar, entregue sua vida nas mãos de Deus, confie Nele e o mais Ele fará. Que com esse post você possa entender que eu, você, todos nós, temos problemas em nossas vidas, mas mesmo assim a nossa alegria e a fé que temos em Cristo são maiores que todos eles

O verdadeiro milagre que precisamos buscar é a conversão do coração do ser humano de volta aos caminhos de amor do nosso Deus. É quando um pecador se entrega totalmente a Jesus Cristo para servi-lo, abandonando o pecado e tendo sua vida restaurada. É o milagre da fé, que age de forma a nos tornar participantes do sacrifício definitivo do Cordeiro de Deus, o único com poder para extirpar o pecado.Este milagre é capaz de restaurar famílias, relacionamentos, enxugar lágrimas e fazer com que inimigos se tornem irmãos. Esse milagre eu também quero! Esse milagre eu também busco e não apenas para mim, mas através da pregação deste Evangelho da fé pretendo que o proveito que ele me trouxe venha sobre a vida de muitos outros.
Não se trata simplesmente de um emprego melhor, de uma conta bancária “gorda” ou de uma casa própria. Trata-se de salvação da alma, amor e perdão. O amor que somente o milagre de Cristo, simbolizado pelo sinal de Jonas, pode nos dar... Pense nisso.

Como reconhecer um homem de Deus?
O que é um homem de Deus? Como podemos conhecê-lo? Quais são as suas marcas?

Em primeiro lugar, o homem de Deus não é conhecido por realizar milagres extraordinários. Jesus advertiu claramente que muitos naquele dirão: “Senhor, não temos profetizado em teu nome, no teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres”? Então, Jesus dirá: Apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade (Mt 7.22,23). O que dizer de João, o Batista que não fez nenhum milagre, mas tudo o que ele disse era verdade (Jo 10.41). Será que tudo que falamos é a verdade?
Em segundo lugar, o homem de Deus não é conhecido pela sua erudição. Muitos pensam que, por terem uma excelente oratória capaz de arrebatar as multidões, faz dele um homem de Deus. Lembre-se que o Anticristo será um orador inigualável.
Em terceiro lugar, o homem de Deus não é conhecido pela sua riqueza, fama e prestígio. Não, não. Paremos com esta falácia! O homem de Deus não é conhecido pelo seu carro importado, por seu anel de ouro, por sua magnífica casa. É tempo de discernimento. Pergunto aos irmãos: O que Jesus deixou ao partir deste mundo? O que Paulo deixou quando decapitado por Nero? Deixaram casas, riquezas, bens? Oh não senhores. Pelo contrário morreram pobres! Todavia até hoje falamos em seus nomes. Jesus, o Rei dos Reis, nosso Senhor e Salvador. Paulo nos legou 13 cartas que hoje são lidas, estudadas em todos os cantos do mundo.
O apóstolo Paulo, em sua primeira carta a Timóteo 6.11-16 nos mostra quatro marcas de um homem de Deus. O homem de Deus é conhecido por aquilo de que ele foge, segue, combate e guarda. Vamos dissecar estes quatro verbos.

1) O homem de Deus é conhecido por aquilo de que ele foge (I Tm 6.11)
Paulo diz: “Mas tu, ó homem de Deus, foge dessas coisas....”. De que coisas um homem de Deus deve fugir? Deve fugir da fama, das calúnias, das contendas e brigas que não levam a nada, da aparência do mal, das suspeitas maliciosas e, sobretudo, da ganância, ou seja, do amor ao dinheiro, que é a raiz de todos os males (I Tm 6.3-10). Quantos homens de Deus que profissionalizaram seu ministério? Começaram bem e, infelizmente estão terminado mal. Um homem de Deus não é apegado às coisas materiais. Ele não ama o dinheiro, mas o Senhor. Ele busca uma vida santa e sabe que a piedade, com contentamento, é grande fonte de lucro. Muitos homens e mulheres são escravos de Mamon. Prostram-se diante desse ídolo e naufragam no ministério. Alguém já disse: “Aquele que serve a Deus por dinheiro, servirá ao Diabo por salário melhor”.

2) O homem de Deus é conhecido por aquilo que ele segue (I Tm 6.11)
O apóstolo continua: “.... segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância e a mansidão”. Um homem de Deus foge do pecado e segue a virtude. Sabe qual foi a pressa de José? Não foi ver seus sonhos realizados. Não. Foi fugir da mulher de Potifar! Ele foge da injustiça, mas busca o que é justo mais que o ouro e a prata. Ele foge da vida promíscua e impura e segue a piedade. Seu prazer não está no dinheiro, mas em Deus. Ele foge da incredulidade e segue a fé. Deleita-se na Palavra. Ele foge do estilo de vida inconstante daqueles que correm atrás do vento e segue a constância. Foge do destempero emocional e segue a mansidão.

3) O homem de Deus é conhecido por aquilo que ele combate (I Tm 6.12)
O apóstolo ainda escreve: “combate o bom combate da fé. Toma posse da vida eterna”. O que estamos combatendo? Alguns ministros estão se digladiando e tentando derrubar o próximo. Vejam estas reuniões de obreiros. É um querendo “puxar o tapete” do outro. A quem estamos combatendo? Será que nunca lemos, que a nossa guerra não é contra carne e sangue? (Ef 6.12). Por que tanta disputa por cargos e mais cargos que não levam a nada? Onde está a urgência da evangelização? Por que não combatemos as mais diversas heresias que percorrem em nossas igrejas? O ministério não é uma colônia de férias, é um campo de batalhas. Neste combate não há soldado na reserva. Todos devem combater! Timóteo deveria entender que o ministério cristão é uma luta sem trégua e sem pausa contra o erro e em prol da verdade. Ele deveria, como soldado de Cristo, engajar-se no combate certo, com a motivação certa. Há muitos obreiros que entram na luta errada, com as armas erradas e com a motivação errada. Timóteo não deveria brigar por causa de dinheiro, mas combater em defesa da fé verdadeira. Essa deve ser a nossa luta. O avanço do reino de Deus.

4) O homem de Deus é conhecido por aquilo que ele guarda (I Tm 6.14)

Finalmente, Paulo diz: “sem mácula e irrepreensível, guarda este mandamento até a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”. Muitos obreiros haviam se desviado no caminho, como Demas. Outros haviam se intoxicado pelo orgulho, como Diótrefes. Outros haviam sido seduzidos pelos falsos mestres. Outros se corromperam com a ganância pelo dinheiro. Todavia, o homem de Deus deve guardar o mandamento, a Palavra de Deus, vivendo de maneira irrepreensível até a volta do Senhor Jesus. Um homem de Deus não negocia a verdade nem transige com seus absolutos. Um homem de Deus não se rende a tentação do lucro em nome da fé nem abastece seu coração com as ilusões de doutrinas estranhas às Escrituras. Um homem de Deus ama a Palavra, guarda a Palavra, vive a Palavra e prega a Palavra. Que o Deus Eterno levante homens de Deus com essas características; dispostos a fugir do pecado, a seguir a justiça, a combater o bom combate e a guardar a Palavra, vivendo uma vida exemplar e digna de ser imitada. Deus nos conceda essa graça. Amém!

Os obstáculos são aquelas coisas assustadoras que você vê quando desvia o olhar de seu objetivo.

A nossa leitura será baseada em Gênesis:
2 – 14. (Leia para entender melhor, ok?)

No texto diz que Abraão entregou seu unico filho para servir de holocausto ao Senhor. Então veio um anjo do senhor e lhe disse que não precisava matar o seu filho, e Deus enviou pra ele um animal de holocausto e então abraão chamou aquele lugar de "Deus Proverá".
Quantas vezes nos levantamos e damos o 1ª hora do nosso dia ao Senhor? E o nosso "contado" salário? E o nosso "unico final de semana"? O nosso unico Filho? Eu poderia listar muitas outras coisas aqui. E a resposta sempre vai seria a mesma: NÃO TEMOS FEITO NADA DISSO, não entregamos nada.
O mundo está tão corrido que nunca temos tempo pra ler, estudar a palavra e choque-se até para falar com Deus não estamos tendo o tal do tempo, nunca temos dinheiro, nunca temos paz.
Estamos tão atarefados, com nosso dia á dia, com tarefas diversas que temos esquecido de nosso dia com DEUS, estamos esquecendo do criador, temos feito a vontade do inimigo, afastando-nos de nosso maior objetivo que é de conseguir alcançar a benção da salvação. O que estamos priorizando e/ou escolhendo?
Abraão priorizou a Deus. Levou o seu preciso filho para ser holocausto do Senhor. Ele confiou em Deus, independente do sentimento dele pelo filho.
“Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará.” Salmos 37:5
Como é difícil confiar e entregar TUDO. Ter que separar um tempo em que você poderia fazer tantas coisas, não é mesmo? Quanto tempo você não ora mais, quanto tempo você não busca, á quanto tempo você não vai ao monte, não jejua, quanto tempo...
Creio que tudo o que acontece em nossas vidas é da perfeita e vontade de Deus, nada escapa dos olhos do nosso Senhor. E Ele nos mima tanto, nos enche de bênçãos, de saúde, de tanta coisa, ele abre os nossos olhos todas as manhãs somente por amor.
O Senhor nos da tanta coisa e o que nós temos entregado a ELE? Nem o tempo que Ele estabeleceu nós entregamos... Abraão também foi um grande exemplo de entrega, de fidelidade, de confiança... Levou Isaque quando Deus lhe pediu, sem hesitar, sem desconfiar.
Confiou cegamente no Senhor, e não importava o que iria acontecer ali, se ele realmente precisasse entregar Isaque, o que importava era obedecer.
Temos que entregar as primícias, as primeiras coisas da vida, temos que ser obedientes. E isso é tão importante para a nossa vida com Deus amado. Nós temos que ser como uma criança que depende da mãe para tudo, que obedece por amor, que chora porque precisa de algo, que precisa ser ensinada para crescer, mas temos que sair do leite espiritual e comer, comer e comer da palavra do senhor e ter sede, muita sede de Deus. Temos que entregar tudo o que temos nas mãos dEle. Nos entregar seria a palavra correta agora. Falando por mim, é muito pouco o que faço diante do que Deus tem feito na minha vida. Porque todo tempo, o Senhor esteve (e ainda está) comigo fielmente e nunca me abandonou como não abandonou Abraão.
Tenho que dar as primícias da minha vida, do meu dia, do meu respirar para o senhor, antes de tudo. Logo quando abrir os olhos.
“Dar-lhe-ás as primícias do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e as primícias da tosquia das tuas ovelhas.” Deuteronômio 18:4

E pense comigo, quanto tempo eu perdi sem entregar as primícias do meu dia para o senhor...
Deus não bate. não te surra ou corta laços, mas corrige com amor. E tenho certeza de que hoje o senhor me corrigiu mais uma vez para a boa obra dEle. Entregue suas primicias a Deus. Seja como Abraão e que sua vida a partir de hoje também possa ser conhecida como "Deus Proverá".

sábado, 13 de novembro de 2010



O pecado precisa de um ambiente


O pecado precisa de um ambiente bem preparado para entrar em cena. Não é em qualquer lugar que ele pode dar as caras e morar. Ambientes são criados por nós. Nós os fazemos, os decoramos, os preparamos. Podemos fazê-los para acomodar as coisas boas que vem de Deus ou para acomodar as coisas más vindas da ação do pecado.
Davi preparou um grande ambiente para o pecado morar. No início da construção, da sacada de seu palácio, viu uma mulher desavisada, lindíssima tomando banho. Começou então na mente de Davi a preparação do ambiente. Se Davi estivesse empenhado em preparar ambientes para a ação de Deus, certamente teria entrado e buscado coisas saudáveis para povoar a sua mente excitada.Davi começou a construir e a decorar o ambiente para o pecado e o pecado já estava morando ali. “Davi mandou perguntar quem era. Disseram-lhe: É Bate-Seba, filha de Eliã e mulher de Urias, o heteu.” (1 Sm 11. 3). Era casada! Talvez aqui fosse o momento de Davi dar um breque e preparar o ambiente para Deus e não para o pecado. Davi deveria ter ligado o seu trator e destruído a pequena construção já erguida e decorada para o pecado.
Mas não foi assim. Davi quer possuí-la, e se empenha em preparar melhores condições de moradia para o pecado. “Então, enviou Davi mensageiros que a trouxessem; ela veio, e ele se deitou com ela.” (1 Sm 11. 4). Pronto, o pecado já havia se mudado definitivamente de “mala e cuia” para a vida de Davi. Talvez aqui fosse o momento de Davi ter se arrependido profundamente de sua loucura e destruído possibilidades de futuras ampliações e mais ambientes decorados para o pecado desfrutar. O pecado gosta de ter à sua disposição variados ambientes para morar. Bate-Seba engravida. Davi arma uma estratégia para parecer que o marido de Bate-Seba, Urias, a tinha engravidado, mas a estratégia falha. Talvez aqui fosse o momento de assumir o erro e desmanchar os próximos ambientes onde o pecado se hospedaria.O pecado quer ambientes onde promova o máximo de dor e destruição na vida das pessoas. Davi, então, arma o ambiente mais terrível e mais apreciado pelo pecado. “Pela manhã, Davi escreveu uma carta a Joabe e lha mandou por mão de Urias. Escreveu na carta, dizendo: Ponde Urias na frente da maior força da peleja; e deixai-o sozinho, para que seja ferido e morra.” (1 Sm 11. 14-15). Urias morreu! Talvez depois da morte de Urias, Davi devesse reavaliar a sua maldade e assumir a sua culpa diante das pessoas e de Deus, criando assim um ambiente onde o Senhor o guiasse.
Mas não foi assim que aconteceu. O pecado nunca está feliz. Ele sempre deseja uma nova decoração e um novo e inusitado ambiente para agir. Agora Davi casa com a mulher do homem a quem ele traiu e mandou matar. “Passado o luto, Davi mandou buscá-la e a trouxe para o palácio; tornou-se ela sua mulher e lhe deu à luz um filho.” (1 Sm 11. 27). Talvez fosse o momento de escutar a consciência e destruir os ambientes do pecado, toda a farsa, toda a mentira e se arrepender.
Mas não foi assim... Davi ficou quieto, mantendo vivos e decorados os ambientes que havia criado para o pecado. Davi até comprou aquela plaquinha e colocou no jardim da casa de vários cômodos construída para o pecado: “Aqui mora um pecado feliz!”
Porém, Deus, que é um destruidor dos ambientes do pecado, mandou até Davi um profeta chamado Natã, que com um trator de potência descomunal passou por cima de Davi e de seus ambientes desenhados engenhosamente para o pecado. “Por que, pois, desprezaste a palavra do SENHOR, fazendo o que era mal perante ele? A Urias, o heteu, feriste à espada; e a sua mulher tomaste por mulher, depois de o matar com a espada dos filhos de Amom.” (1 Sm 12. 9)
O trator do Senhor não deixa em pé sequer uma parede onde o pecado agiu. Davi sofreu muito com as conseqüências de preparar ambientes para o pecado morar. Sofreu muito para destruir as paredes já criadas para o pecado, mas conseguiu, debaixo de lágrimas e de muita dor.
Nós não somos diferentes dele. Também sabemos construir estes ambientes e os construímos. Cabe a nós sempre avaliar que tipo de ambientes estamos construindo, e ao menor sinal de que estivermos construindo ambientes ao pecado, pararmos imediatamente, ligarmos o trator e destruí-los totalmente, substituindo-os por ambientes onde Deus esteja e que O agrade.


Nossa mente é a máquina mais fantástica já criada. Até hoje ela ainda traz mistérios que fascinam e desafiam estudiosos do mundo todo. Apesar de ser tão misteriosa e fascinante, em alguns pontos, é simples e desenhada para ser conduzida por nós. A forma como conduzimos os nossos pensamentos e aquilo que colocamos dentro da mente pode nos trazer bem ou mal, pode nos levar à saúde ou à doença, por isso cuidar da mente é algo muito importante. Mas como cuidar de nossa mente?
A palavra de Deus fala em “ocupar a nossa mente” com coisas boas. Essas coisas boas foram desenhadas para fazer bem à nossa mente e conseqüentemente a todo o nosso ser. “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.” (Fp 4. 8)
Todos os contrários ao que menciona este versículo nos trazem males mentais, espirituais e conseqüentemente físicos, pois foram desenhados pelo pecado para destruição e não para bênção: “Tudo que é mentira, tudo que é desrespeitoso, tudo que é injusto, tudo que é impuro, tudo que odiável, tudo que tem má fama.” São coisas projetadas para desequilibrar a nossa saúde como um todo.
Por isso, cuidar do que entra em nossa mente é algo muito importante e deve estar entre as nossas prioridades no dia a dia. Devemos estar sempre atentos, buscando cuidar para que não sejamos inundados e contagiados com pensamentos prejudiciais. Aprendi com meu antigo pastor que nós não podemos impedir que um pássaro voe sobre a nossa cabeça, mas podemos impedir que ele venha e faça um ninho nela. O território da nossa mente deve estar sobre o nosso constante domínio e zelo.
Isso demanda esforço, pois como já dissemos a nossa mente é bastante complexa e o mundo ao nosso redor também, no entanto, Deus nos mostra em sua palavra que é possível ocupar nossa mente com coisas boas, se as buscarmos, anulando a entrada das más. Não é difícil deduzir o porquê tantas pessoas atualmente estão doentes. Grande parte das doenças de nosso século nasce em nossa mente, que muitas vezes está aberta, sem segurança, um lugar onde entra todo tipo de coisa que quiser entrar.
Precisamos vigiar a nossa mente! Cuidar dela como um bem precioso que dispomos. É preciso nutri-la com vitamina pura, que nos fortalecerá no impedimento da entrada de coisas ruins: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.” (Fp 4. 8)

sexta-feira, 12 de novembro de 2010




Manias que tornam as mulheres chatas
Aposto que vocês já viram a cena. Um casal sentado à mesa do restaurante. O homem calado, a mulher com cara de poucos amigos trata até o garçom mal. Ela parece um poço de mau humor. Pode ser que aquela inocente criatura barbeada e com ar angelical tenha aprontado todas, esteja há 46 dias deixando que ela cuide sozinha das duas crianças, das compras da casa, do conserto da pia e do próprio emprego, naturalmente, e que nunca tenha se levantado de madrugada para trocar uma fralda. Pode ser.
Tudo é possível na combinação de um casal formado por uma mulher amarga e um homem calado. Costumo dizer que basta um homem sem iniciativa para fazer da própria mulher um monstro em desmandos. Acostumada a dar ordens, a fazer tudo, logo ela, a solitária no poder, se acha no direito de intervir também nas questões pessoais dele e, o que deveria ser uma troca voluntária de delicadezas, atenção e respeito, se torna um eterno intercâmbio de farpas e ressentimentos. Tenho medo de homens sem iniciativa, incapazes de perceber que o papel higiênico acabou.
Mas sempre me causa espanto olhar ao redor e perceber também a falta de humor que assola certas mulheres. Considero a falta de bom humor um defeito grave, em ambos os sexos. Sem humor, perdemos a chance de dar um novo rumo a uma conversa tensa ou simplesmente imprimir um clima melhor numa crítica necessária.
Vamos então a uma lista, simples, das manias que permeiam o universo feminino dotando as mulheres dessa enorme capacidade de serem realmente chatas, quando querem.
- Substituir um elogio merecido por um comentário negativo. Exemplo: o cara nunca aparece com flores, aí, no 12º aniversário de casamento, ele compra um vaso de betúnias. A reação chata: “Nooooooooossa, que milagre. Vai chover hoje!” Custava agradecer?
- Considerar o futebol um rival mais ameaçador do que Angelina Jolie nua na sua porta. (Não sou lá muito fã de jogos nas tardes de domingo, um ótimo horário para um passeio familiar com crianças pequenas. Prefiro os de quarta à noite, mas dá para fazer um rearranjo e negociar: já que ele terá duas horas de um prazer bem dele, que tal criarmos um momento só mulher também? E se você não tiver filhos, ótimo, é hora de você, uma mulher tão ocupada de segunda a sexta, dar um pouco de atenção para si mesma, para os pais, para qualquer um, menos para ele. Fala sério, não custa, né?
- Telefonar a cada 15 minutos para falar sobre…nada específico. Sobretudo no início da relação. Vai anotando os assuntos e comenta tudo de uma vez só num telefonema maior.
- Reclamar e criticar o marido/namorado/companheiro/outro para outras na frente dele. Gente, vamos combinar que isso é o fim da picada, né? A regra número um do bom relacionamento é NUNCA desfazer do outro em público. Aliás, isso vale para os chefes, que devem elogiar em público, e repreender em particular; para os pais, porque as crianças ficam constrangidas e se sentem diminuídas; e, obviamente, para o marido também.
- Falar demais. Acrescentei isso aqui só porque alguns homens insistiram. Não estou convencida de que isso seja uma mania feminina até porque já vi tantas “sem assunto” e tantos homens que falam sem parar gabando de si mesmos, do próprio trabalho, do carro…Para mim, verborragia é defeito de personalidade, independente do sexo, agora, reclamar demais…aí já acho que pega…E por que mulher tem tanta mania de reclamar? Leiam os próximos dois itens.
- Falar mal de tudo que ele faz com as crianças. Ele pega o bebê pra brincar e ela já começa: “Ele acabou de mamar, não pode sacudir” ou ele coloca um macacãozinho pra descer com o filho no play e ela: “Está um ventinho! Você quer que o garoto morra de pneumonia???” É saudável que a criança entenda que há várias formas de cuidar dela, claro. Sem falar que essa mania pode deixá-lo tão inseguro que ele passará a te perguntar tudo o que pode ou não pode fazer com a criança, com a casa, e aí a gente entra naquela maniazinha que os homens têm de perguntar tudo…onde está o remédio, onde ficam as fraldas?
- Olhá-lo de alto a baixo quando ele se arruma para sair com você. Ele colocou calça jeans, tênis e blusa do Homem de Ferro. Que tal respeitar o estilo dele, mesmo que você goste de ir de scarpin e echarpe tomar um chope no boteco da esquina.
- Discutir a relação. Tem coisa mais generalista e sem foco do que isso? Conselho de um homem: escolhe o tópico e fala dele. Discutir a relação dá a entender que nada está prestando. SE nada está prestando, vai discutir o quê? (eu concordo).
E aí, o que torna até a mais divertida das namoradas uma mulher chata?


Você deve amar o Senhor, seu Deus com todo o seu coração, alma e mente.

Mt 22:36-37
Fonte:Bíblia Sagrada, na linguagem de hoje.
Olá ! A paz do Senhor !!

Você deve amar o Senhor, seu Deus com todo o seu coração, alma e mente.

Bem, é isso mesmo. Este é o mais importante mandamento. Se você leva Deus a sério, então, este é o lugar onde começar. Cada elemento do "ser como Cristo" está constuindo com base nesse principio. Aprender a amar o Senhor com o seu coração, alma e mente será um processo contínuo que dura toda a sua vida. Mas você tem de começar em algum momento. E, então, como é amar o Senhor com cada parte de seu ser? Isso significa que você começa a amar da mesma maneira que Deus ama, a pensar da maneira que Deus pensa, a agir da maneira que Deus age e a odiar as coisas que Deus odeia. Se você começou a pensar seriamente sobre Deus, não volte atrás. O amor dele por você não tem limites ou hesitações. Você não tem nada a perder e tem tudo a ganhar indo em frente.
Não fique desapontado se você não se tornar uma sensação da noite para o dia. Lembre-se: é um processo - aprender a passar mais tempo com Ele; dando e recebendo graça; trabalhando para mudar coisas suas que não se parecem nada com Deus; perdoando e sendo perdoado; confiando; vagarosa, e mesmo assim maravilhosamente, se parecendo mais e mais com aquele que você ama. Imitação é a forma mais elevada de adoração.
Seja um imitador de Deus.

Leia e comprove:
Dt 6.5; Mc 12:32-33; Ef 5.1-2

Deus abençoe !

Quem te ama mais, a Mulher ou o Cachorro?
É muito fácil descobrir. Faça o seguinte:
Amarre, amordace e jogue os dois na mala do seu carro. Deixe-os trancados lá dentro por umas 3 horas. Depois, abra a mala e veja quem fica feliz ao te ver...

quinta-feira, 4 de novembro de 2010



Atire a primeira flor

Deus realmente fala comigo por onde quer que eu ande e de todas as formas possíveis. Não é necessário que a sua voz seja com som audível, para que eu a ouça. Aprendi a ouvir Deus falar em todas as situações que vivo no meu dia-a-dia, no meu trabalho, na rua, em casa, dentro do carro, na Igreja, nos meus sonhos... é assim que Ele se comunica comigo. Por várias vezes me peguei chorando na rua ou em casa mesmo, ao receber do Senhor sua mensagem para o meu coração, diante de alguma cena que, para alguns, pode não ter significado nenhum. Isto se chama “sintonia e intimidade” e me sinto uma pessoa abençoada por isto.
Ao ler a frase de um poema “Quando tudo for pedra, atire a primeira flor”, eu percebi de imediato que o Senhor me ensinava, mais uma vez, como agir diante daqueles que nos ferem com seus julgamentos e acusações injustos, com suas palavras cruéis que vão direto ao coração como uma espada afiada. É difícil, eu seu, mas não há um jeito melhor de se sair bem dessa situação do que oferecer uma flor àquele a quem nos feriu. O gesto nos torna superior ao outro. A flor quer dizer o perdão, uma palavra branda, serena, um sorriso, um abraço, uma oração, um gesto de carinho ou até mesmo uma linda flor... fico imaginando se cada um de nós tivéssemos nas mãos uma flor para dar aos nossos acusadores, sempre que nos atirarem pedras.
Me lembro das inúmeras vezes em que já fui julgada (sem dó), por algum ato impensado, por algum comportamento, pelo meu modo de vestir e pentear, pelo meu modo de ser, pelo meu trabalho na Igreja ou fora dela, pelas decisões que tomo, pelo jeito que cuido da minha família, pelo jeito que oro, canto, falo, brinco, etc, etc... Como pastora, sou o tempo todo observada, avaliada e julgada, quase sempre por pessoas sem a menor noção do que é justiça, amor e misericórdia, mas ao longo do tempo, fui aprendendo a amar, entender e perdoar a todas elas, porque sei que não experimentaram ainda a verdadeira presença de Deus em suas vidas e também que um gesto meu pode mudar tudo.

Assim diz o Senhor:
“Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus” (Mateus 5.8).


“Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor, tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem” (Hebreus 12.14-15).

segunda-feira, 1 de novembro de 2010


Aquecimento global

Aquecimento global é o aumento da temperatura média dos oceanos e do ar perto da superfície da Terra ocorrido desde meados do século XX e que deverá continuar no século XXI. Segundo o Quarto Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (2007), a temperatura na superfície terrestre aumentou 0,74 ± 0,18 °C durante o século XX. A maior parte do aumento de temperatura observado desde meados do século XX foi causada por concentrações crescentes de gases do efeito estufa, como resultado de atividades humanas como a queima de combustíveis fósseis e o desflorestamento. O escurecimento global, uma conseqüência do aumento das concentrações de aerossoes atmosféricos que bloqueiam parte da radiação solar antes que esta atingindo a superfície da terra, que mascarou parcialmente os efeitos do aquecimento induzido pelos gases de efeito estufa. O termo aquecimento global é um exemplo específico de mudança climática à escala global, o termo mudança climática também pode se referir ao esfriamento global. No uso comum, o termo se refere ao aquecimento ocorrido nas décadas recentes e subentende-se uma influência humana. A Convenção Quadro das Nações Unidas para Mudança do Clima UNFCCC usa o termo mudança climática para mudanças causadas pelo Homem, e variabilidade climática para outras mudanças. O termo alteração climática antropogênica é por vezes usado quando se fala em mudanças causadas pelo Homem. Aumento do nível dos oceanos: com o aumento da temperatura no mundo, está em curso o derretimento das calotas polares. Ao aumentar o nível da águas dos oceanos, podem ocorrer, futuramente, a submersão de muitas cidades litorâneas, crescimento e surgimento de desertos o aumento da temperatura provoca a morte de várias espécies animais e vegetais, desequilibrando vários ecossistemas. Somado ao desmatamento que vem ocorrendo, principalmente em florestas de países tropicais no Brasil e nos países africanos, a tendência é aumentar cada vez mais as regiões desérticas do planeta Terra, aumento de furacões, tufões e ciclones o aumento da temperatura faz com que ocorra maior evaporação das águas dos oceanos, potencializando estes tipos de catástrofes climáticas, ondas de calor regiões de temperaturas amenas tem sofrido com as ondas de calor. No verão europeu, por exemplo, tem se verificado uma intensa onda de calor, provocando até mesmo mortes de idosos e crianças.

domingo, 10 de outubro de 2010

Trabalho infantil atinge cerca de 2 milhões de crianças no Brasil


Trabalho infantil atinge cerca de 2 milhões de crianças no Brasil Meninos e meninas são responsáveis, quase sempre, pelo sustento da família
http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101008/not_imp622203,0.php
Apesar de a Constituição brasileira proibir o trabalho para menores de 16 anos, a mão de obra infantil atinge cerca de 2 milhões de crianças entre cinco e 15 anos no Brasil.
As crianças trabalham, principalmente, nos cruzamentos das grandes cidades para garantir a sobrevivência.
No caso das meninas, o problema é ainda pior porque podem ainda ser vítimas de exploração sexual. Larissa, de 13 anos, grávida de quatro meses, diz que era obrigada a voltar para casa todos os dias com R$ 50.
- Quando eu estava na casa de uma mulher lá em São Cristóvão [Rio de Janeiro], ela mandava eu fazer [sexo] e dar o dinheiro pra ela. Ela falou que, se eu não voltasse com R$ 50, eu não ia comer lá. Eu tinha que voltar. Ficava lá na rua, voltava e dava o dinheiro pra ela. Eu estava na casa dela de favor. No Lixão de Gramacho, Baixada Fluminense, milhares de catadores tiram o sustento da família do lixo. Para ajudar na renda familiar, as crianças também trabalham. Outro exemplo de exploração do trabalho infantil é a crueldade do mundo do crime. Nas comunidades cariocas, muitas crianças são os soldados de tráfico de drogas.

Mudança

O desembargador Siro Darlan defende uma política de ação social para as crianças e as famílias.
- No Brasil, o que tem sido feito, via de regra nas grandes urbes, tem sido programas de recolhimento de crianças, como se essas crianças fossem um lixo humano e o recolher pelo recolher não constrói nada.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Faça o possível e o imaginável para ser feliz.


Muitas pessoas começam a namorar e logo pensam, que esse namoro vai se desgastar, que as pessoa estarão sempre mentindo para você. E com isso, acaba desgastando o que sentem um pelo outro. São as brigas, a rotina, e outros fatores que fazem um casal acabar sendo infeliz nessa arte de amar.
O segredo é se doar por inteira. Você já parou para pensar porque o presente tem esse nome? Pois bem, viva o presente. Procure fazer coisas novas todos os dias para o seu parceiro, mande mensagens no celular, esteja sempre ao lado dele quando precisar.
Fora isso, faça surpresas, chame ele para sair num dia pouco convencional, prepare-se somente para ele, principalmente uma noite especial entre vocês dois. Procure também escrever cartas. E não pense mesmo no eu poderá acontecer depois, faça o possível e o imaginável para ser feliz.


Fonte:blogdalazinha.com

quinta-feira, 30 de setembro de 2010


Diante do exposto, será que você ainda quer defender a Dilma e o PT? Uma vergonha Nacional!
Pr. Silas recebe carta de integrantes do PT e responde 17/09/2010 17:00
No programa Vitória em Cristo exibido no dia 11 de setembro deste ano, o pastor Silas Malafaia sugeriu que os telespectadores assistissem ao vídeo do Pr. Paschoal Piragine (http://www.youtube.com/watch?v=ILwU5GhY9MI) sobre as eleições 2010. Nele, Piragine criticou o PT e pediu aos internautas para não votarem em nenhum candidato do partido.
A repercussão foi tão grande que, até o fim da tarde desta sexta-feira (17/09), o vídeo postado no youtube já havia sido assistido por mais de 1,6 milhão de pessoas. O fato motivou integrantes do Partido dos Trabalhadores a enviarem uma carta ao pastor Silas Malafaia, alegando: "Não é verdade que deputados do PT foram expulsos por se manifestarem contra o aborto. É verdade que eles tiveram conflitos com movimentos de mulheres sobre questões relacionadas ao aborto, mas não houve expulsão."
Em resposta, o pastor Silas Malafaia saiu em defesa do vídeo e afirmou em carta enviada aos integrantes do PT: "Espero que, se Dilma ganhar, vocês que são cristãos não fiquem envergonhados, e não se calem diante de coisas que virão por aí, e que só o tempo poderá nos mostrar."

Leia abaixo, na íntegra, a carta enviada pelo PT e, em seguida, a resposta do pastor Silas Malafaia:

CARTA ENVIADA POR INTEGRANTES DO PT

“Prezado Pr. Silas Malafaia

Graça e Paz!

Somos evangélicos e tomamos conhecimento da Vossa orientação no programa exibido em 11/09/2010, para que os expectadores assistissem ao vídeo do Pr. Paschoal Piragine, que pede aos cristãos não votar nos candidatos do Partido dos Trabalhadores do qual fazemos parte.
O Pr. Paschoal Piragine é bastante conhecido e o temos como uma pessoa íntegra que esteja considerando que as informações que possui contra o PT sejam realmente verdadeiras. Entretanto, trata-se de afirmações que não correspondem com a realidade.
Diante do conteúdo vídeo, gostaríamos de esclarecer que:
Não é verdade que um parlamentar do PT não pode descumprir uma deliberação coletiva do partido por uma questão religiosa ou de foro íntimo. Veja o que diz o inciso XV do art 13 do estatuto do PT:

“Art. 13. São direitos do filiado:
XV – excepcionalmente, ser dispensado do cumprimento de decisão coletiva, diante de
graves objeções de natureza ética, filosófica ou religiosa, ou de foro íntimo, por decisão da
Comissão Executiva do Diretório correspondente, ou, no caso de parlamentar, por decisão
conjunta com a respectiva bancada, precedida de debate amplo e público.”
Não é verdade que deputados do PT foram expulsos por se manifestarem contra o aborto. É verdade que eles tiveram conflitos com movimentos de mulheres sobre questões relacionadas ao aborto, mas não houve expulsão. Em função desses problemas eles foram punidos pelo PT, o que os levou a mudarem de partido.
Não é verdade que o PT possui uma orientação pela legalização do aborto. Em seu IV Congresso, o PT modificou a resolução que falava de aborto e estabeleceu para o atual programa de governo da Dilma o seguinte texto: “Promover a saúde da mulher, os direitos sexuais e direitos reprodutivos: O Estado brasileiro reafirmará o direito das mulheres ao aborto nos casos já estabelecidos pela legislação vigente, dentro de um conceito de saúde pública”.
O Plano Nacional de Diretos humanos é elaborado pela sociedade por meio dos conselhos de diretos humanos com a participação do governo federal, mas não é uma novidade do governo Lula. O primeiro plano foi publicado através do Decreto número 1.904, de 13 de maio de 1996, e o segundo através do Decreto número 4.229, de 13 de maio de 2002. Em todos eles estão presentes assunto polêmicos ligados com a sexualidade. Diante disso seria um equívoco afirmar que todos os méritos e deméritos do PNDH 3 é de responsabilidade do governo Lula ou do PT.
O conteúdo apresentado no vídeo não corresponde, portanto, com a realidade do que está sendo defendido pelo PT. Podemos pegar os posicionamentos do PT e comparar com o conteúdo do vídeo e observaremos que não existe veracidade. Um exemplo bastante claro é a questão da pedofilia. Não conhecemos nenhum parlamentar, de nenhum partido político, ou algum grupo social que defenda a pedofilia. Atribuir uma acusação dessa natureza ao PT é de extrema injustiça.
Até o dia 13/09/2010 já houve mais de um milhão, duzentos e cinquenta mil acessos ao vídeo disponibilizado na internet. Diante desses fatos nos sentimos extremamente injustiçados e pedimos que os esclarecimentos fossem veiculados em seu próximo programa.

Desde já agradecemos um retorno.

Na Graça de Deus!

Gilmar Machado
Candidato a Deputado Federal – PT/MG – Igreja Batista Central de Uberlândia
Isaac Cunha
Candidato a Deputado Estadual – PT/BA – Primeira Igreja Batista
Joaquim Brito
Candidato a Vice-Governador de Ronaldo Lessa - PT/AL – Igreja Batista do Pinheiro
Walter Pinheiro
Candidato ao Senado – PT/BA – Igreja Batista da Pituba
Wasny de Roure
Candidato a Deputado Distrital – PT/DF – Igreja Batista do Lago Norte”


RESPOSTA DO PR. SILAS MALAFAIA

“Sr. Geter Borges e Candidatos do PT,

Já que vocês me enviaram um e-mail apresentando defesa do Partido dos Trabalhadores em relação às questões que o pastor Paschoal Piragine levanta, gostaria de contraditar a argumentação de vocês. Antes de fazê-lo, quero deixar bem claro que não tenho restrições pessoais ao PT ou a qualquer outro partido. Os meus questionamentos têm a ver com os princípios que defendo, independente de partidos políticos. Esclareço também que sou amigo pessoal de Walter Pinheiro. Em duas eleições passadas, eu o ajudei. Já o citei várias vezes em meu programa de TV como exemplo de cristão na política. Ele tem a liberdade de usar a minha imagem na sua campanha, o que permito de maneira muito restrita a pouquíssimos candidatos.

Vamos aos fatos:

1. O deputado que saiu do PT, saiu por ter posição cristã contrária aos princípios do partido. E se não saísse, seria expulso.
2. O PT está na vanguarda da defesa do aborto e da PL 122. Estes são fatos reais, verdadeiros. Inclusive, no último dia antes do recesso parlamentar no senado no ano de 2009, se não fossem os senadores Magno Malta e Demóstenes Torres, a líder do PT teria aprovado na calada da noite, por voto de liderança, a PL 122. Isto é uma vergonha, e vocês querem que a liderança evangélica fique quieta!
3. O PNDH3 foi enviado ao congresso pelo Sr. Presidente da República no dia 21/12/2009, e a vergonha é que, nesse documento, em vários pontos, só houve recuo em alguma coisa devido à pressão violenta da igreja católica. O PNDH3, sim senhor, é responsabilidade do governo Lula e do PT.
4. Lamento dizer, mas a verdade absoluta é que os princípios cristãos são inegociáveis para nós. Quanto a isto, o PT está do outro lado. Quero ser franco e honesto: eu só não entrei de cabeça na campanha do Serra, porque também não vi nele garantias de respeito a esses princípios. Nas duas vezes em que fui convidado para participar de audiências públicas pela Comissão de Constituição e Justiça, na primeira vez, que foi sobre a questão do aborto, os deputados que estavam defendendo a legalização do mesmo, eram do PT. Na segunda vez, no Estatuto das Famílias, os deputados do PT estavam defendendo a inclusão dos homossexuais a fim de beneficiá-los na adoção de crianças. Esta é a verdade nua e crua.

Espero que, se Dilma ganhar, vocês que são cristãos não fiquem envergonhados, e não se calem diante de coisas que virão por aí, e que só o tempo poderá nos mostrar. Sinceramente, honestamente, gostaria de estar equivocado em relação às posições do PT. Não ficarei triste se o tempo mostrar que estou equivocado nestas questões, porque no tempo presente, elas são a realidade dos fatos.

Um forte abraço!

Na paz de Cristo,

Silas Lima Malafaia”

O Amor é Lindo

O Amor é Lindo
FELIZ...EU QUERO É MAIS!